Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

Os mitógrafos antigos

Ἡσίοδον γὰρ καὶ Ὅμηρον (...) οὗτοι δὲ εἰσὶ οἱ ποιήσαντες θεογονίην Ἕλλησι καὶ τοῖσι θεοῖσι τὰς ἐπωνυμίας δόντες καὶ τιμάς τε καὶ τέχνας διελόντες καὶ εἴδεα αὐτῶν σημήναντες.
Heródoto 2.53.2

Foram Homero e Hesíodo (...) que compuseram uma teogonia para os helenos, deram nome aos deuses, determinaram-lhes as honras e funções e descreveram seu aspecto.

 
 
Papiro mitológico em grego

Os mitos gregos estão presentes em praticamente todos os aspectos da cultura grega. As mais antigas fontes literarárias dessas velhas histórias são os poetas épicos Homero (-750) e Hesíodo (-700), além dos anônimos autores dos hinos homéricos e do Catálogo das Mulheres.

Entre os poetas, o mito em geral constitui a base de sua criação literária. Os poetas líricos Baquílides (-520/-450) e Píndaro (-522/-446), os poetas trágicos Ésquilo (-525/-456), Sófocles (-495/-406) e Eurípides (-484/-406) e os eruditos helenísticos Calímaco (sæc. -III) e Apolônio de Rodes (sæc. -III) são nossas principais fontes.

Dentre os prosadores, destaco Ferécides de Siros (fl. -544/-541), os historiadores Heródoto (-484/-425) e Diodoro Sículo (sæc. -I), e ainda o viajante Pausânias (sæc. II), que recorreram aos mitos para ilustrar argumentos ou como ponto de partida para relatos históricos ou semi-históricos.

Antes do Período Greco-romano, os únicos autores a tratar os mitos de forma panorâmica e sistemática foram Hesíodo e o desconhecido autor do Catálogo das Mulheres. Da obra de autores certamente importantes como Ferécides de Siros, Acusilau de Argos, Helânico e Estesícoro, infelizmente, não restou o suficiente para se aquilatar sua importância.

Aparentemente, foi durante o Período Greco-Romano que alguns eruditos reuniram e organizaram os mitos gregos, e por isso são conhecidos entre os modernos estudiosos por mitógrafos (gr. μυθογράφοι). Menção especial deve ser feita à Biblioteca, extensiva compilação em grego efetuada no século I-II, atribuída erroneamente ao ateniense Apolodoro (-180/-110); ao Metamorphoseon, do poeta romano Ovídio (-43/17)[1] e às Fabulae do desconhecido Higino (sæc. I d.C.), em latim.

Há também muitos relatos anônimos, fragmentários e difíceis de datar, conhecidos graças aos pedaços de manuscritos e papiros gregos descobertos em Pompeia, Herculano e Egito nos últimos dois séculos.

Em comparação, os textos com frequência contam a mesma história com várias divergências, pois cada autor recorria a uma fonte diferente e ainda fazia as modificações que lhe pareciam mais adequadas. Assim, chegaram a nós muitas variações da mesma lenda e muitas vezes essas versões são altamente conflitantes.

No Portal, maior importância é dada às fontes mais antigas (Homero, Hesíodo, Píndaro, poetas trágicos, etc.), teoricamente mais próximas da origem dos mitos e lendas que chegaram até nós.

Há, finalmente, uma fonte não literária e de importância cada vez maior: as cenas dos vasos de figuras negras e de figuras vermelhas, que esclarecem com frequência episódios míticos pouco conhecidos ou mal descritos nas fontes literárias.

Outras iluminuras

 
Homero (c. -750).
 
Hesíodo? (c. -700).
 
O poeta lírico Píndaro (-518/-438).
 
Tragediógrafos gregos: Ésquilo, Sófocles e Eurípides.
Angers, Museu de Belas Artes
 
Heródoto (-484/-425).

Notas

  1. No final da Idade Média e na Renascença, enquanto os textos gregos antigos ainda estavam no processo de “redescoberta”, as versões de Ovídio (em latim) inspiraram numerosas obras literárias, pinturas e esculturas. De certa forma, foi ele quem reintroduziu os mitos gregos na cultura ocidental.

Créditos das ilustrações

i0818Papiro mitológico em grego → Ver comentários.
i0297Homero (c. -750) → Ver comentários.
i0937Hesíodo? (c. -700) → Ver comentários.
i0466O poeta lírico Píndaro (-518/-438) → Ver comentários.
i0910Tragediógrafos gregos: Ésquilo, Sófocles e Eurípides → Ver comentários.
i0391Heródoto (-484/-425) → Ver comentários.

Imprenta

Artigo nº 0083
publicado em 09/12/1998. Atualização: 11/07/2010.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Os mitógrafos antigos. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0083. Consulta: 23/04/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 25/03/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017