Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

A antiga língua grega

O grego, língua indo-europeia do tipo arcaico, é conhecida agora (...) desde 1400 a.C. Dessa data aos nossos dias podemos seguir a evolução de um dos mais brilhantes instrumentos de cultura que a humanidade conheceu.
 

O grego pertence à grande família das línguas indo-europeias e ainda é a língua oficial da Grécia moderna. Sua longa evolução — cerca de quatro milênios — começou por volta de -2000, data aproximada da presença dos mais antigos falantes da língua grega na península balcânica.

O conhecimento que temos de qualquer língua se baseia nos falantes vivos e no estudo dos textos escritos por eles e por seus antecessores. Embora ainda se fale o grego, há importantes diferenças entre a língua de hoje e a de 4000 anos atrás[1]. Desse modo, para estudar as fases mais antigas da língua grega temos de recorrer à arqueologia e aos escritos que chegaram aos nossos dias.

Os primeiros textos gregos datam do fim do século -XV e são apenas registros contábeis esparsos e truncados encontrados nas ruínas dos palácios micênicos. Foram escritos no silabário conhecido por linear B e a partir deles foi possível reconstituir a estrutura antiga da língua.

𐀣 𐀯𐀩𐀹 𐀍𐀳

qa-si-re-wi-jo-te

βα-σι-λε-ύ-ον-τες

Na tabuinha PY Sn 64, por exemplo, descoberta em Pilos (Messênia) e datada de -1250/-1200, a palavra qa-si-re-wi-jo-te pode ser traduzida aproximadamente para ‘na qualidade de comandantes’.

Da etapa seguinte temos dois poemas épicos, a Ilíada e a Odisseia, compostos por volta de -750 (final da Idade das Trevas), transmitidos oralmente durante muito tempo e conservados na forma escrita somente no final do século -VI. A análise linguística evidencia que a língua utilizada é artificial e puramente convencional, nunca falada em nenhuma região da Grécia; a estrutura morfológica e sintática, porém, é nitidamente arcaica e pertence sem dúvida a uma fase bastante antiga da língua grega, posterior ao mundo micênico.

As mais antigas inscrições alfabéticas foram encontradas em vasos de cerâmica e datam do fim do século -VIII. A língua grega já estava, então, dividida em vários dialetos e o ático, em decorrência da proeminência cultural de Atenas entre -480 e -350 se tornou, pouco a pouco, o mais usado em toda a Grécia.

Do dialeto ático derivou a koiné (gr. κοινὴ διάλεκτος), dialeto comum de todos os gregos e dos reinos helenizados do Período Helenístico. A partir da koiné formou-se o grego moderno.

Notas

  1. A língua evolui... quem já tentou ler as peças de Gil Vicente, escritas em português há apenas 500 anos, sabe exatamente do que estou falando.

Imprenta

Artigo nº 0003
publicado em 07/11/1997. Atualização: 01/05/2007.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. A antiga língua grega. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0003. Consulta: 26/03/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 25/03/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017