Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

Introdução à Grécia Antiga

Excetas as forças cegas da Natureza, disse Sumner Maine, quanto neste mundo se move é grego na sua origem.
Fernando Pessoa, 1924
 

Os gregos ou helenos viveram na extremidade meridional da península balcânica e sua cultura se desenvolveu a partir da mistura das diversas populações que lá se estabeleceram nos últimos 8000 anos.

As mais antigas características que podemos chamar de gregas apareceram, no entanto, depois de 2300 a.C., e a influência dos gregos no Mediterrâneo se tornou significativa cerca de mil anos mais tarde, por volta de 1400 a.C.

logo LÍNGUA
A presença da língua grega nos idiomas modernos é, de certa forma, bastante sutil: todas as palavras que lemos contêm vogais (a, e, i, o, u...), cuja representação é uma invenção puramente grega. Muitas palavras e expressões de uso corrente, porém, vieram diretamente do grego ou da antiga cultura grega: "parte do leão", "amor platônico", "Olimpíada", "não falar mal dos mortos", "estoico", "heroi", "lacônico", etc. logo MITOLOGIA
O aproveitamento das narrativas lendárias criadas, reunidas ou divulgadas pelos gregos é mais evidente; figuras míticas são comumente utilizadas na Literatura, na Arte, na Música, na TV e no cinema. Héracles ("Hércules") foi, por exemplo, tema de um dos desenhos de Walt Disney; o mito de Édipo, eternizado por Sófocles, foi modernizado e contado na telenovela brasileira Mandala (1987/1988); as viagens de Odisseu, o Ulisses dos romanos, foram mostradas, recentemente, em minissérie da TV americana e o mito de Perseu foi várias vezes levado às telas dos cinemas. logo ARTE
As soluções técnicas e os padrões de beleza estabelecidos pela arte grega há mais de 2000 anos ainda hoje guiam os cânones da arte ocidental. Elementos dos estilos arquitetônicos gregos continuam a ser usados com frequência em igrejas cristãs, museus, bibliotecas, teatros, etc. Alguns exemplos: o Museu do Ipiranga, em São Paulo, e a fachada da Imperial Academia de Belas-Artes do Rio de Janeiro, reconstituída no Jardim Botânico. E pelo menos uma parte das obras de arte produzidas na Grécia Antiga chegaram até nós. logo LITERATURA
Da literatura grega, a mais antiga da Europa, derivaram praticamente todos os estilos literários cultivados ainda hoje no Ocidente: a poesia épica, a poesia lírica, a tragédia, a comédia, o romance, a oratória, a sátira... Os temas tratados não perderam em nada sua atualidade: obras escritas há vinte séculos ou mais são ainda lidas, representadas em teatros ou levadas às telas pelo cinema. logo CIÊNCIAS
Os gregos não foram os primeiros a se dedicar ao reconhecimento e análise dos fenômenos naturais, mas ninguém antes deles se preocupou em dar explicações racionais para os fatos observados. Ainda são válidos diversos conceitos pré-científicos descobertos pelos gregos, principalmente na matemática e na física. E a medicina atual, a despeito de toda a tecnologia moderna, ainda é, tanto na forma como no método, eminentemente grega. logo FILOSOFIA
Vêm da da Grécia, também, muitos dos conceitos atuais sobre a natureza do Universo e do conhecimento, e sobre a maneira sábia de viver. Grande parte das doutrinas do cristianismo, a religião de maior prestígio no Mundo Ocidental, deriva do pensamento dos filósofos gregos. logo HISTÓRIA
Conservam-se até hoje várias instituições políticas implementadas pelos gregos ao longo de sua longa História, como por exemplo a tirania e a democracia. Episódios históricos inspiradores, como a batalha das Termópilas, foram assunto até mesmo das HQs (histórias em quadrinhos) e do cinema. logo RELIGIÃO
Modernos festivais de teatro, de cinema e de música seguem antigos concursos que ocorriam durante festas religiosas. O mesmo vale para competições atléticas como os jogos olímpicos modernos, revividos no fim do século XIX em moldes muito semelhantes às competições que ocorreram no santuário de Zeus em Olímpia de 776 a.C. a 393 d.C. logo MÚSICA
Infelizmente, apenas alguns documentos de natureza musical bastante fragmentários sobreviveram aos séculos e nosso conhecimento da música grega é, portanto, bastante precário. Por ser uma das áreas mal conhecidas da cultura grega, é uma das poucas cuja contribuição não se pode ainda dimensionar corretamente.

E de 1.400 a.C. para cá a influência dos gregos nunca cessou...

Em outras partes do Portal

Imprenta

Artigo nº 0001
publicado em 04/11/1997. Atualização: 18/06/2007.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Introdução à Grécia Antiga. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0001. Consulta: 23/11/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 10/11/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017