Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

A história dos gregos

πρὸ γὰρ τῶν Τρωικῶν οὐδὲν φαίνεται πρότερον κοινῆι ἐργασαμένη ἡ Ἑλλάς· δοκεῖ δέ μοι, οὐδὲ τοὔνομα τοῦτο ξύμπασά πω εἶχεν.
Tucídides 1.3.1-2

Parece que antes da guerra de Troia a Hélade não teve nenhuma realização em comum e creio que coletivamente, antes disso, ela nem tinha esse nome.

 

As comunidades gregas[1] mantiveram, ao longo de toda a Antiguidade, três características constantes: uma certa identidade cultural, uma feroz autodeterminação e um permanente estado de beligerância entre si.

A península balcânica foi visitada por caçadores e coletores nômades desde o Paleolítico. Os diversos estratos culturais que constituiriam mais tarde a cultura grega se desenvolveram, no entanto, a partir do Neolítico, época dos estabelecimentos agropastoris estáveis. O primeiro estrato cultural é o das comunidades agrícolas da Tessália e do Peloponeso (-6500/-3000). Entre -2600 e -1550, durante a Idade do Bronze, a cultura minoica de Creta estendeu sua influência por todo o Egeu, e a esse segundo estrato somou-se pouco depois um terceiro, o dos indo-europeus, que se estabeleceram na Grécia Central e no Peloponeso entre -2300 e -2000.

Os micênios (-1550/-1100) representam o apogeu cultural dessa primeira fase, quando os primeiros documentos em grego surgiram no continente e em Creta. Após a queda do mundo micênico, vieram os séculos obscuros (Idade das Trevas) e, a partir do século -VIII, o contato intensivo entre a península balcânica e as avançadas civilizações da Ásia Ocidental e do norte da África acrescentou um quarto estrato cultural aos anteriores, o do Período Arcaico.

As cidades gregas colonizaram intensivamente as ilhas do Egeu, o Mediterrâneo Ocidental, a península italiana (Magna Grécia) e o litoral do Mar Negro. No final do século -VI estavam já bem definidas as características culturais que culminariam nas realizações dos séculos -V e -IV, que correspondem ao Período Clássico.

O Período Clássico foi uma época de efervescência cultural e também de acirradas disputas militares entre as cidades gregas. No fim do século -IV a Macedônia dominou a Grécia e, graças a Alexandre III da Macedônia e seus sucessores, a cultura grega se difundiu para a África e a Ásia Ocidental (Período Helenístico).

Roma venceu os sucessores de Alexandre e dominou politicamente a Grécia a partir de -146. Sob sua proteção, a cultura grega evoluiu mais um pouco e, após a Idade Média, teve ainda fôlego para inspirar o Renascimento cultural e científico que precedeu a Era Moderna, isso sem considerarmos a influência que exerce até hoje na cultura Ocidental.

Imprenta

Artigo nº 0019
publicado em 12/01/1998.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. A história dos gregos. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0019. Consulta: 29/04/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 25/03/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017