Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

As ninfas

 
Ninfa e sátiro se divertem

Divindades muito antigas e numerosas, seguramente pré-helênicas, as ninfas (gr. Νίμφαι) eram ligadas à natureza e à terra — eram portanto, uma extensão de Gaia. Em épocas tardias, no entanto, eram consideradas filhas de Zeus.

Não formavam um grupo homogêneo e recebiam nomes especiais, conforme o lugar que habitavam: melíades (freixos, um tipo de arbusto), náiades (fontes e riachos), oréades (montanhas), alseides (bosques), hamadríades (árvores). As melíades eram filhas do titã Crono; Calipso era filha de Atlas (ou de Hélio); Toósa, de Fórcis[1]; mas Eco e quase todas as outras ninfas tinha ascendência indefinida.

As ninfas não eram imortais, e suas vidas duravam tanto quanto a árvore, o lago, o bosque a que estavam particularmente ligadas. Na lenda de Odisseu, porém, a ninfa Calipso é dada como imortal (Od. 5.78-80).

Muitas ninfas amaram e foram amadas pelos deuses, pelos sátiros e até mesmo pelos mortais. Participavam do séquito de diversas divindades, como Afrodite, Ártemis e Dioniso; desempenhavam, nos mitos, papel geralmente secundário, e às vezes originavam, junto com heróis fundadores, povos e comunidades. Algumas ninfas como Calisto e Eco, no entanto, tinham lenda própria.

Representações e culto

As ninfas eram sempre representadas como moças jovens e bonitas e tinham altares em várias localidades, como por exemplo Oropo (Ática), Olímpia e Mégara. Muitas vezes os altares eram estruturas simples, próximas a grutas e fontes. Às vezes elas eram cultuadas juntamente com outras divindades, como Hermes (v.g. Od. 13.350).

Outras iluminuras

 
Sátiro e ninfas.
 
Hilas e as ninfas.
Galeria de Arte de Manchester
 
Moeda com sátiro e ninfa.
Coleção particular

Notas

  1. Toósa (gr. Τόωσα), lit. ʻa rápidaʼ, é uma filha de Posídon (Certamen 4) ou uma ninfa, filha de Fórcis, com quem Posídon se uniu para gerar o ciclope Polifemo (Od. 1.70-3).

Créditos das ilustrações

i0294Ninfa e sátiro se divertem → Ver comentários.
i0931Sátiro e ninfas → Ver comentários.
i0364Hilas e as ninfas → Ver comentários.
i0612Moeda com sátiro e ninfa → Ver comentários.

Links externos

Imprenta

Artigo nº 0856
publicado em 04/01/1999.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. As ninfas. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0856. Consulta: 16/12/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 10/11/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017