Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

Modalidades atléticas

Nenhum povo antigo deu tanta importância à prática esportiva como os gregos, ao ponto de a "ginástica", ou seja, a atividade_física, (...) (ser) parte importante do processo educativo e uma das muitas diferenças que os helenos faziam entre eles e os bárbaros.
Furio Durando, 2005, p. 82
 
 
Héracles contra Anteu

Atletismo vem da palavra grega ἆθλος, ‘competição, disputa’, aplicável tanto a guerras quanto a eventos esportivos. Seu significado abrange tanto a natureza competitiva e individual da antiga prática esportiva grega, quanto o caráter eminentemente coletivo da falange nas guerras gregas. Com o tempo, a palavra passou a ser aplicada mais nas práticas esportivas; ἆθλον, ‘prêmio’ (mesmo radical), designava o prêmio concedido ao vencedor.

Cenas de vasos do Geométrico Recente (-760/-700) e os poemas homéricos comprovam que muitas modalidades esportivas e as competições estavam já bem definidas na segunda metade do século -VIII e talvez muito antes, a julgar por um conhecido afresco minoico do século -XVI [Ilum. 0193]. Nos jogos fúnebres promovidos por Aquiles em honra de Pátroclo (Il. 23.257-897) e na participação de Odisseu nos jogos atléticos dos feácios (Od. 8.100-233) já encontramos modalidades atléticas bem definidas, como a corrida a pé, a corrida de carruagens, o boxe, a luta, o lançamento de dardos e de disco, e o tiro com arco. A maioria delas formaria, mais tarde, o núcleo das competições esportivas dos principais festivais gregos. Outras modalidades foram progressivamente incluídas nos Jogos Olímpicos e demais festivais entre os séculos -VII e -V.

O esporte grego era restrito aos adultos do sexo masculino e os atletas treinavam e competiam usualmente nus, recobertos de óleo, ou com trajes muito sumários. Em alguns jogos havia, porém, competições específicas para adolescentes e para adultos mais jovens. As mulheres aparentemente podiam — pelo menos em épocas mais tardias — disputar uma curta corrida a pé no santuário de Hera em Olímpia (Paus. 5.16.2-3). Vestidas, é claro.

O treinamento era levado a sério e envolvia cuidados dietéticos e atividades físicas controladas, supervisionadas por treinadores. Nos Jogos Olímpicos os atletas tinham que jurar, antes da competição, ter treinado adequadamente nos dez meses precedentes (Paus. 5.24.9), para que juízes e espectadores não perdessem seu tempo com participantes despreparados.

Dada a natureza altamente competitiva e individualista dos gregos antigos, não havia práticas esportivas para estabelecimento de recordes e nem esportes coletivos, como em nossos dias. Eventualmente, algumas atividades esportivas em grupo tinham lugar apenas com fins recreativos [Ilum. 0210].

Outras iluminuras

 
Atleta se lava após exercício.
 
Raspadores de óleo.
 
O Apoxiômeno.
Cidade do Vaticano, Museus Vaticanos

Referências

Furio Durando, A Grécia Antiga, Barcelona, Folio, 2005.

Créditos das ilustrações

i0708Héracles contra Anteu → Ver comentários.
i0517Atleta se lava após exercício → Ver comentários.
i0976Raspadores de óleo → Ver comentários.
i0694O Apoxiômeno → Ver comentários.

Imprenta

Artigo nº 0929
publicado em 07/02/2014.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Modalidades atléticas. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0929. Consulta: 23/10/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 30/04/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017