Calino de Éfeso

Seção: literatura grega340 palavras
Καλλῖνος Callinus EpicusCallin.
iiniCombate entre hoplitas

Calino (gr. Καλλῖνος), é um dos mais antigos poetas líricos[1] conhecidos e, com certeza, um dos primeiros expoentes da elegia guerreira (Orion s.v. ἔλεγος).

Vida e obra

Nada sabemos a seu respeito, além de breves citações de autores antigos e de algumas deduções a partir de sua própria obra.

Viveu em Éfeso, na Jônia, durante a primeira metade do século -VII, aproximadamente, e é possível que tenha participado das lutas contra os magnésios da Ásia Menor e, também, contra os cimérios[2]. Chegaram até nós apenas um poema de temática militar, talvez a mais antiga poesia desse gênero que chegou até nós, versos isolados e um breve comentário sobre a Tebaida, um dos poemas cíclicos.

Fontes. Estrabon é, por enquanto, nossa melhor fonte: 13.1.48, 13.4.8 e 14.1.40. De menor importância são Pausânias (9.9.5), Clemente de Alexandria (Strom. 1.21.131), Ateneu (12.29.3) e Orion (s.v. ἔλεγος).

Nota-se, no único fragmento significativo de sua obra, a influência do verso épico na poesia elegíaca.

Passagens selecionadas

Edições e traduções

As coletâneas modernas básicas são as de Bach (Leipzig, 1831), Bode (Leipzig, 1838), Bergk (Leipzig, 1882), Edmonds (Cambridge, 1931), West (Oxford, 1972), Gentili e Prato (Leipzig, 1979).

O primeiro fragmento de Calino foi traduzido para o português por Falco e Coimbra (1941). Outros tradutores: Malhadas e Moura Neves (1976) e Rocha Pereira (1998).