Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

O Período Helenístico

 
Moeda com efígie de Ptolomeu I Sóter (-367/-283)

Após a prematura morte de Alexandre III, "o Grande" (-356/-323), seus sucessores, os diádocos e epígonos, começaram a dividir o enorme império. Todas as tentativas de manter os vastos territórios unidos, no entanto, fracassaram.

Entre -284 e -277, depois de longas disputas e diversas guerras, estabeleceram-se as três grandes "monarquias helenísticas": a dos selêucidas (Ásia Menor, Mesopotâmia e Pérsia), a dos antigônidas (Macedônia e Grécia) e a dos lágidas (Egito e Palestina). Do reino selêucida emergiram, após -262, o pequeno reino dos atálidas, a Bitínia e a Capadócia, todos localizados na Ásia Menor.

Os gregos bem que tentaram livrar-se do domínio macedônico; mas nem a Guerra Laminana (-323/-322), nem as coalizações de cidades gregas formadas ao longo dos anos (Liga de Corinto, Liga Aqueia, Liga Etólia) tiveram sucesso. As cidades gregas nunca mais estiveram totalmente independentes.

A cultura grega ou helênica, no entanto, foi levada pelos soldados de Alexandre III a todas as regiões conquistadas e exerceu enorme influência nas culturas locais. O iônico-ático, dialeto falado em Atenas durante o Período Clássico, evoluiu para uma forma conhecida por koiné (literalmente, "comum a todos") e se tornou a língua comum de todos os povos helenizados.

O centro cultural do helenismo, no entanto, não era mais o continente grego. Alexandria, situada na parte oeste do delta do Nilo, havia sido fundada por Alexandre III em -331 e se tornara a capital grega de Ptolomeu I Sóter. O soberano construiu monumentos, fundou um Museu, uma Biblioteca e atraiu à sua corte intelectuais e artistas de todo o mundo helenizado. Pérgamo, a capital dos atálidas, também se tornou um pólo cultural importante.

Durante o século -II os romanos entraram na vida dos gregos. Depois da derrota dos reis macedônios Felipe V e Perseu, os territórios pertencentes ao reino da Macedônia, inclusive a Grécia, foram anexados pelos romanos. A seguir, em sua irresistível expansão pelo Mediterrâneo Oriental, praticamente todos os reinos helenísticos foram dominados; o último deles, o Egito ptolemaico, foi vencido em -31.

Créditos das ilustrações

i0031Moeda com efígie de Ptolomeu I Sóter (-367/-283) → Ver comentários.

Em outras partes do Portal

Imprenta

Artigo nº 0419
publicado em 24/12/2001.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. O Período Helenístico. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0419. Consulta: 22/10/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 30/04/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017