Vasos áticos de figuras negras

Seção: arte grega
-750 / -480
página em construção
iiniAquiles e Pentesileia

Os artesãos atenienses começaram a utilizar a técnica de figuras negras, inventada décadas antes em Corinto, por volta de -630.

A princípio, a técnica foi aplicada aos poucos, quase sempre em figuras delineadas em grandes vasos, típicos do estilo protoático anterior. No início do século -VI a técnica começou a ser mais utilizada e, por volta de -540, os ceramistas atenienses ultrapassaram os coríntios em popularidade. Durante mais de meio século a cerâmica ática de figuras negras se tornou o tipo de vaso mais comercializado no mundo grego.

ia técnica ática de figuras negras

Na cerâmica de figuras negras de Atenas as cenas míticas eram as mais comuns, mas diversos temas da vida diária eram também utilizados: esportes, casamentos, simpósios, sacrifícios, mulheres na fonte, guerreiros lutando, etc.

Muitos pintores, de -580 em diante, assinaram suas obras e deixaram seus nomes para a posteridade: Sófilo (c. -580/-570), Clítias (c. -570), Nearco (c. -570/-555), Lidos (c. -560/-540) e Exéquias (c. -550/-525), entre outros.

Muitos, devido à falta da assinatura do pintor, são conhecido apenas pelo nome do ceramista ou por outros "apelidos": Pintor da Górgona (c. -600/-580), Pintor de Amásis (c. -560/-525), Grupo de Leagros (-520/-500), Pintor de Edimburgo (c. -500) etc.