Græcia Antiqua

Vaso miniano

510
exp
Cântaro não decorado de Lerna V. Argólida.
C. -1750/-1550
grupo
acervo
Museu Arqueológico de Argos
licença
græcia antiqua
Iluminura 0510

Alguns dos vasos minianos mais característicos do Heládico Médio tinham duas alças bem amplas, como neste exemplo, um cântaro. Aa decoração em geral era monocrômica.

A técnica conhecida por miniana utilizava vários tipos de argila, a rápida roda de oleiro e um processo especial de cozimento, que resultava na característica sensação saponácea ao toque. Havia as variedades cinza (Grécia Central e Peloponeso), negra (Peloponeso), vermelha (Ática, Egina) e amarela; o formato era bastante variado. Não é verdade que se tentava imitar os vasos contemporâneos de metal.

Essa cerâmica é, aparentemente, evolução direta da cerâmica produzida pela cultura de Tirinto no final do Heládico Antigo (-2200/-2150), atribuída a populações que chegaram ao Peloponeso vindos da Grécia Central.

a iluminura no portal
imprenta
Ilustração nº 0510, publicada em 08/09/2001.Licença dos comentários: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Vaso miniano. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/img.asp?num=0510. Consulta: 24/03/2019.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 22/03/2019 ← novidades Contato Outras páginas do autor Créditos
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2019