Os templos arcaicos do século -VI

Seção: arte grega
-600 / -500
página esquemática / provisória
iiniTemplo de Hera I em Pesto

Os esforços das comunidades gregas no sentido da construção de templos em honra às suas divindades teve notável expansão durante o século -VI. Erigidos em pedra e cercados por colunas, os templos eram muitas vezes a evidência mais característica e conspícua da prosperidade e da piedade (gr. εὐσέβεια) de cada pólis.

A colunata (conjunto de colunas em série) compunha o aspecto externo e mais visível dos templos. Os diferentes formatos de colunas e estruturas apoiadas por elas definiram, no início do século, os dois mais antigos estilos arquitetônicos gregos, o estilo dórico e o estilo jônico.

A ordem dórica

Data, possivelmente, da segunda metade do século -VII.

Fig. 0196. Capitel dórico. Metaponto, -570/-530.

Exemplos mais importantes:

templo de Posídon, Ístmia templo de Ártemis, Corfu templo de Hera, Olímpia templo de Apolo, Corinto templo de Apolo, Siracusa templo C, Selinunte templo de Hera, Metaponto templo de Hera, Pesto templo de Atena (“Ceres”), Pesto

 

As ordens eólica e jônica

Fig. 0195. Capitel eólico. Neandria, c. -550.

Discute-se ainda se o estilo eólico, praticamente tão antigo quanto o jônico, é seu antecessor [1]. As primeiras ocorrências são do final do século -VII ou início do século -VI.

Exemplos mais importantes:

templo de Apolo (?), Neandria templo de Atena, Esmirna templo de Hera, Samos templo de Ártemis, Éfeso templo de Apolo, Didima