logo

Calímaco de Cirene

Seção: literatura grega
Καλλίμαχος Callimachus Epicus Call.
página em construção

Calímaco de Cirene (gr. Καλλίμαχος), poeta e estudioso, foi o maior expoente da erudição alexandrina e um dos mais importantes poetas do Período. Sua contribuição ao estudo da obra dos autores gregos mais antigos é, também, muito significativa.

Vida

Natural de Cirene, Líbia, Calímaco viveu, provavelmente, entre -315/-305 e -240, mais ou menos. Descendia da importante família dos Batíadas; seu pai chamava-se Bato, como o primeiro membro africano da família, fundador de Cirene. Seu avô, Calímaco, era militar, e altamente considerado em Cirene; sabe-se que tinha uma irmã e um sobrinho, cujo nome era também Calímaco, e que foi casado, mas não consta que teve filhos.

Recebeu, obviamente, esmerada educação e parece ter sido discípulo de Hermócrates[1]; começou os estudos em sua cidade natal e terminou-os, aparentemente, em Atenas. Retornou a Cirene, mas logo depois mudou-se para Alexandria, onde exerceu a profissão de professor até chamar a atenção do rei Ptolomeu II Filadelfo (-308-246), que o introduziu no Museu de Alexandria.

As principais fontes sobre sua vida são a Suda (s.v.) e Ateneu

Obra

Ironia e invenção dominam.

Manuscritos, edições, traduções