1235
1235X

Máscara de hetera

-330/-310

Esquifo apuliano de estilo gnathiano

Atribuição: Pintor de Ambrosiana

AcervoNew York, Museu Metropolitano de ArteInventário65.11.15Fonte / ©The Metropolitan Museum of ArtLicençaDomínio públicoIluminura1235

Comentários

A máscara teatral representa uma cortesã grega (hetera), personagem muito frequente nas peças da comédia intermediária e da comédia nova. A data do vaso indica que ele foi criado na época de transição entre esses dois estilos de comédia.

Notar o cuidado do Pintor de Ambrosiana com os detalhes do desenho, particularmente o cabelo loiro (nota do Museu). A delicadeza dos traços faciais é incomum nas máscaras teatrais, onde em geral se acentuava detalhes como olhos, boca e cabeleira para aumentar o efeito cômico.

Nesta técnica policrômica de decoração de vasos, dita gnathiana, o pintor aplicava as cores (em geral vermelho, branco e amarelo) sobre um verniz negro que revestia completamente a superfície externa do vaso, com exceção do pé. A técnica foi criada na Apúlia, em Tarento, e os primeiros vasos foram encontrados em Gnathia (atual Egnazia), na costa do Adriático.

Legenda original Period: Hellenistic. Date: ca. 330–310 B.C. Culture: Greek, South Italian, Apulian, Gnathian. Medium: Terracotta; applied color. Dimensions: H. 4 1/4 in. (10.8 cm) diameter 5 1/16 in. (12.9 cm). Credit Line: Louis V. Bell Fund, 1965. Accession Number: 65.11.15