793c
0793cX

Teseu e Egeu

-475/-470

Fragmento de esquifo ático de figuras vermelhas
Vista panorâmica do fragmento

Pintor de Brigos

 
0793
Teseu e Egeu / imagem principal
 
0793a
Detalhe: Teseu
 
0793b
Detalhe: mulher
 
0793c
Vista panorâmica do fragmento
AcervoParis, Museu do LouvreImagemMichael GreenhalghFonte / ©RMN, Musée du LouvreLicençaTerms of use - LouvreIluminura0793c

Comentários

Teseu, reconhecido como filho e sucessor por Egeu, rei de Atenas, é recebido por ele com um aperto de mãos. Esse gesto, que sempre envolvia a mão direita (gr. ἡ δεξιά), implicava simultaneamente boas-vindas, amizade e confiança; não era usado pelos gregos antigos de modo essencialmente indiscriminado, como em nossos dias.

Note-se que Egeu foi representado com barba, sinal de idade madura; o cajado indica que ele é já um ancião. Teseu, ainda imberbe, está na flor da idade e em pleno vigor.

Nas Fig. 0793a e 0793b, detalhes da imagem acima, em tamanho maior, que ilustram o uso do pincel macio e das cores em vasos decorados pela técnica de figuras vermelhas no início do Período Clássico. A mulher representada na Fig. 0793b está colocando uma coroa em Teseu, sinalizando que ele chegou a Atenas após as vitórias no caminho.

A Fig. 0793c mostra o presente fragmento de forma panorâmica. Os outros dois fragmentos conhecidos deste mesmo vaso mostram Teseu contra a porca de Crômion e a luta do jovem herói contra Cércion, dois de seus Seis trabalhos.