670
0670

A deusa Diana em seu templo

c. 1448

Iluminura de Crônicas de Hainaut (Ms. KBR 9242), v. 1, folio 360

 
0670
A deusa Diana em seu templo / imagem principal
 
0670a
Vista panorâmica
AcervoBruxelas, Biblioteca Real da BélgicaImagemWeb Gallery of ArtFonte / ©Wikimedia CommonsLicençaDomínio públicoIluminura0670

Comentários

Ártemis / Diana está sobre um pedestal e, do lado de fora da edificação, um de seus adoradores (ajoelhado) usa vestes sacerdotais de inspiração oriental.

Na pintura, as primeiras cenas artísticas com temas da Antiguidade foram criadas no século XV, no início do Renascimento. Os personagens eram pintados de acordo com os modelos e rígidos cânones do final da Idade Média europeia, frequentemente inspirados nas versões romanas dos deuses gregos.

Observar que as vestes da figura feminina refletem a moda holandesa da época, mas a presença de dois atributos habituais de Ártemis, o arco e a corça, permitem identificar a deusa.

A imagem é opaca e foi desenhada com ouro, pena e tinta diretamente sobre o pergaminho. O texto, em francês medieval, é uma tradução de Jean Wauquelin (fl. 1446-1450) do texto latino redigido por Jacques de Guise (c. 1340-1399) sobre a história da condado de Hainaut durante a Baixa Idade Média.