Diodoro Sículo / Bilioteca Histórica

Seção: história grega
Διόδωρος ὁ Σικελός Diodorus Siculus Historicus D.S.
página em construção

Espécie de “história universal” sobre Grécia e Roma, dos tempos míticos até 60 aC, e sobre a cultura de vários povos com os quais tiveram contato.

Independentemente do valor historiográfico e histórico, a obra de Diodoro Sículo é fonte inestimável das obras perdidas dos historiadores que o precederam e de muitos episódios pouco conhecidos da história grega e romana.

A Biblioteca Histórica ( Ἱστορικὴ Βιβλιοθήκη)

Biblioteca Histórica

É provável que Diodoro tenha escrito a introdução quando a obra já estava terminada (cf. D.S. 1.4.6).

iO mosaico de Preneste

O valor de cada parte depende, essencialmente, da qualidade da fonte utilizada. A cronologia é via de regra confiável, mas a narrativa contém afirmativas ingênuas e às vezes erros grosseiros, e.g. a descrição de Nínive, cidade da Mesopotâmia (D.S. 2.3.2) e a posição geográfica da Calcídica em relação ao Helesponto[1] (D.S. 16.53.2).

De um total de 40 livros, escritos em grego comum, apenas os livros 1-5 e 11-20 sobreviveram, praticamente na íntegra; dos outros, restam apenas alguns fragmentos e resumos, conservados por autores tardios.

Sinopse

O texto, aparentemente inacabado, é dividido em três seções:

  1. “história” mítica de gregos e não gregos até a queda de Troia (livros 1-6), dividida por região;
  2. a história do mundo conhecido da queda de Troia até a morte de Alexandre, o Grande (livros 7-17);
  3. a história dos sucessores de Alexandre até -60 (livros 17-40).