logo

Novo Testamento / Lucas 10.30-7 et 20.21-5

Seção: literatura grega
Ev. Luc. 10.30-7 et 20.21-5 70 / 90
grtexto grego

O primeiro trecho é uma das mais famosas parábolas de Jesus, encontrada exclusivamente em Lucas. O segundo trecho é uma breve passagem em que Jesus separa nitidamente o exercício da fé cristã das obrigações perante a comunidade em que se vive.

A tradução é de Mateus Hoepers, preparada para a edição da Vozes (Hoepers, 1982).

10.30-7 / O bom samaritano

Tomando a palavra, disse Jesus: "Descia um homem de Jerusalém a Jericó. Pelo caminho caiu em poder de ladrões que, depois de o despojarem e espancarem, se foram, deixando-o quase morto. Por acaso desceu pelo mesmo caminho um sacerdote. Vendo-o, passou ao largo. Do mesmo modo, um levita, passando por aquele lugar, também o viu e passou adiante. Mas um samaritano, que estava de viagem, chegou a seu lado e, vendo, sentiu compaixão. Aproximou-se, tratou-lhe as feridas, derramando azeite e vinho. Colocou-o em cima da própria montaria, conduziu-o à hospedaria e teve cuidado dele. Pela manhã, tirando duas moedas de prata, deu ao hospedeiro e disse-lhe: 'Cuida dele e o que gastares a mais, na volta te pagarei'. Quem destes três te parece ter-se tornado o próximo daquele que caiu em poder dos ladrões?" Ele respondeu: "Quem usou de misericórdia para com ele". Então Jesus lhe disse: "Vai e faze tu o mesmo!"

20.21-5 / O tributo a César

Perguntaram-lhe, dizendo: "Mestre, sabemos que falas e ensinas com retidão e sem medo de ninguém mostras o caminho de Deus segundo a verdade. É lícito pagar tributo a César ou não?" Vendo-lhes a falsidade, respondeu Jesus: "Mostrai-me a moeda do imposto. De quem é a imagem e inscrição?" Responderam eles: "De César". Então lhes disse: "Pois dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus".