1445
1445X

Tideu e Ismene

-570/-560

Ânfora coríntia de figuras negras / lado A

Pintor de Tideu

 
1445
lado A.
 
1445a
Periclímeno, Tideu e Ismene / cena do lado A
 
1445b
Sereia e esfinges / lado B
AcervoParis, Museu do LouvreInventárioE 640Fonte / ©RMN, Musée du LouvreLicençaTerms of use - Images d'ArtIluminura1445

Comentários

Mimnermo (F 21) conta, sem maiores detalhes, que Tideu matou Ismene, filha de Édipo e irmã de Etéocles, Polinices e Antígona, enquanto ela tinha um encontro sexual com um tal de Teoclímeno, por ordem de Atena.

Não há nenhum outro texto conhecido sobre essa estranha história, representada pelo Pintor de Tideu de forma explícita no lado A desta ânfora (Ilum. 1445a). Na sua versão, o nome do amante de Ismene é Periclímeno e há uma quarta pessoa, Clito, assistindo à cena (extrema esquerda).

Os personagens estão identificados por inscrições no alfabeto coríntio. Da esquerda para a direita: ΚΛΥΤΟΣ, ΠΕΡΙΚΛΥΜΕΝΟΣ, ΤΥΔΕΥΣ e ΥΣΜΗΝΑ, i.e., Clito, Periclímeno, Tideu e Ismene.

No lado B da ânfora (Ilum. 1445b), vê-se uma sereia entre duas esfinges.

Etapa cultural: Coríntio recente

Legenda original Amphore à figures noires. Périodes: corinthien récent (vers 570- vers 500 av J.-C.). Techniques: céramique (matériau). Numéro d'inventaire: E640. Detail: 570-560 av J.-C.