1267
1267X

A castração de Urano

fim do séc. xv

Iluminura. Ms. Douce 195 folio 076v

Atribuição: a Robinet Testard ou discípulos

AcervoOxford, Bibliotecas BodleianasImagemBodleian LibrariesFonte / ©The Bodleian Library, University of Oxford.LicençaTerms of use - BodleianIluminura1267

Comentários

Esse é um dos numerosos manuscritos que contêm Le roman de la Rose, ‘O romance da Rosa’, longo e célebre poema medieval francês sobre a arte do amor romântico, com várias digressões. Os primeiros 4058 versos octassílabos foram escritos por Guillaume de Lorris (fl. c. 1200-1240), c. 1230; Jean de Meun (c. 1240-1305) escreveu os 17.424 versos seguintes entre 1264 e 1269, mais ou menos. Rose é o nome da principal personagem feminina do poema.

A iluminura se baseia no verso 10.827, no qual “Jupiter” castra seu pai, “Saturno”, nítida confusão de Jean de Meun sobre os mitos de Urano e Crono e de Crono e Zeus. Observar as vestes orientais dos personagens, convenção que ressalta sua alteridade em relação aos personagens “europeus” das histórias medievais.