1140
1140X

O médico Jasão examina uma criança

sæc. ii

Lápide de mármore com relevo e inscrição grega. Atenas

AcervoLondres, Museu BritânicoInventário1865,0103.3Fonte / ©The Trustees of the The British MuseumLicençaCC BY-NC-SA 4.0Iluminura1140

Comentários

A estela fúnebre do Dr. Jasão (gr. ΙΑϹΩΝ) representa o médico sentado em cadeira acolchoada, examinando o abdomen distendido de uma criança, convencionalmente representada como um pequeno adulto.

À direita, no chão, se vê a ventosa, um dos símbolos da medicina grega, cujos princípios e textos formavam a base da medicina romana na época.

A inscrição (IG II2 4513) da base, em unciais maiúsculas (cf. nome, acima), revela nome e profissão do falecido, e traz ainda o nome de outros membros da família. Eis a primeira linha, transcrita para o grego clássico:

Ἰάσων ὁ καὶ Δέκμος Ἀχαρνεὺς ἰατρός. Jasão, também conhecido por Décimo, do demo de Acarnas, médico.

A distensão abdominal é problema frequente em crianças, usualmente funcional ou decorrente de infecções, e benigna na maior parte das vezes. A presença desse problema em uma tumba sugere que o falecido gostaria de ser lembrado por atender muitas crianças (um antigo Pediatra?), ou talvez por ter resolvido um caso célebre ou particularmente difícil.