logo
1355
1355X

Ifigênia, Orestes, Pílades e Toas em Táuris

-380

Cálice-cratera ática de figuras vermelhas do Pintor de Ifigênia. Tumba 1145, Valle Trebba, Spina (Itália) / cena A

 
1355
cena A.
 
1355a
Jovens sátiros / Cena B
AcervoMuseu Arqueológico de FerraraInventário3032ImagemEgisto Sani, 25/11/2012FonteFlickRLicençaCC BY-NC-SA 2.0Iluminura1355
Comentários

No centro da cena A há um santuário, desenhado como um pequeno templo (gr. ναΐσκος, diminutivo de ναός, ‘templo’)[1], com estilóbata e colunas, dentro do qual se vê a primitiva estátua de Ártemis atrás de um altar.

Ifigênia, à direita do templo, estende a carta dirigida a Orestes para Pílades. Maais abaixo, deitado e com duas lanças nas mãos, Orestes olha para Pílades.

À esquerda, outra sacerdotiza oferece libações à deusa. Sentado logo abaixo dela está o rei bárbaro Toas, ricamente trajado, diante de uma serva com um abanador.

Bem no alto, na extrema esquerda, uma figura feminina — possivelmente a própria Ártemis — olha a cena.

No outro lado do vaso (Ilum. 1355a), a cena B mostra jovens sátiros se divertindo com uma bola.

Notas
[ utilize os recursos do navegador para VOLTAR ao texto ]
  1. Ναΐσκος provavelmente designa edificação semelhante a uma capela, definida pelo Aurélio como “pequena igreja de um só altar; santuário, ermida”.