logo
1227
1227X

Hipodâmia, Pélops e Enômao

-360/-330

Ânfora apuliana de figuras vermelhas com duas alças, atribuída ao Pintor de Varrese / Lado A

 
1227
Lado A.
 
1227a
/ Detalhe do registro superior
AcervoLondres, Museu BritânicoInventário1843,0724.2FonteThe Trustees of the The British MuseumLicençaCC BY-NC-SA 4.0Iluminura1227
Comentários

No centro do registro superior, Enômao e Pélops oferecem um sacrífico no altar de Zeus antes da corrida de carruagem (Ilum. 1227a) pela mão de Hipodâmia.

Pélops está à esquerda do altar, com duas lanças na mão esquerda e suas vestes têm aspecto luxuoso, oriental; a tiara é de origem lídia. Enômao, vestido como um hoplita do Período Clássico, está à direita do altar e tem uma fíale na mão direita, com a qual faz uma libação. Hipodâmia, antecedida por Estérope, que tem cabelos brancos, está à esquerda de Pélops. À direita de Enômao está o cocheiro Mirtilo. Pélops e Mirtilo, sem barba, são jovens; Enômao, com barba, é bem mais idoso.

Na extrema direita da cena vê-se Afrodite sentada e, acima dela, Eros; a presença de ambos sinaliza que há uma questão amorosa envolvida.

Todas as figuras do registro superior estão identificadas por meio de inscrições.

As cenas do registro inferior parecem oferendas colocadas em uma tumba, no centro, marcada por um capitel jônico com uma hídria sobre ela. A mulher sentada logo à esquerda tem uma caixa aberta, na mão esquerda, e um sistro apuliano, na mão direita. Na extrema esquerda uma mulher, de pé, também segura uma caixa.