Græcia Antiqua

Morte de Polidoro

X
1127
exp
Tapeçaria com bordado em fios de ouro e cetim pintado. Macau.
1623/1626
grupo
acervo
Lyon, Museu de Belas Artes
imagem
Alain Basset
licença
græcia antiqua
Iluminura 1127

A morte de Polidoro, filho mais jovem de Príamo, é parte do ciclo troiano e foi descrita pelo poeta Eurípides na tragédia Hécuba e por mitógrafos romanos tardios, como Ovídio, Virgílio e o Pseudo-Higino.

Essa tapeçaria foi fabricada na China por encomenda do Reino de Portugal no início do século XVII, época da dinastia dos Ming e dos Qing. Supõe-se que esta é uma das sete peças encomendados por Francisco Mascarenhas, governador português de Macau entre 1623 e 1626, pois os medalhões com a mulher-serpente nos dois lados da cena e o brasão com leões nos cantos representavam a família Mascarenhas.

a iluminura no portal
imprenta
Ilustração nº 1127, publicada em 16/12/2014.Licença dos comentários: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Morte de Polidoro. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/img.asp?num=1127. Consulta: 21/09/2019.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 12/09/2019 ← novidades Contato Outras páginas do autor Créditos
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2019