logo
1122
1122X

Mapa da ilha “perdida” da Atlântida

1665

Mapa ficcional de Athanasius Kircher (1602/1680), publicado na obra Mundus subterraneus (v. 1, 1665, p. 82)

 
1122
Mapa da ilha “perdida” da Atlântida / imagem principal
 
1122a
Rotação de 180º. Agora o norte ficou na parte superior
AcervoBiblioteca Digital da Universidade de HeidelbergFonteUniversität Heidelberg / Digitale BibliothekLicençaCC BY-SA 3.0 DEIluminura1122
Comentários
Legenda original: Situs Insulae Atlantidis, a mari olim obsorptae ex mente Aegyptiorum et Platonis discriptio. Tradução: Localização da Ilha da Atlântida, anteriormente no mar, de acordo com fontes egípcias e uma descrição de Platão.

O autor imaginou a Atlântida como uma ilha de dimensões continentais situada bem no meio do Oceano Atlântico, entre a Europa, a África e as Américas.

Note-se que, no mapa, o sul está na parte superior e norte, na parte inferior, o que contraria as convenções cartográficas modernas e dificulta a visualização. Para facilitar a compreensão, inverti a imagem na Ilum. 1122a para deixar a América à esquerda e a Península Ibérica e a África à direita, como nos mapas modernos.

O autor, Athanasius Kircher, foi um erudito jesuíta alemão que publicou mais de 40 livros científicos de diversas áreas, notadamente geologia, medicina e estudos orientais. O texto de onde foi retirado o mapa descreve a geografia da Terra e traz detalhadas ilustrações.