logo
966
0966X

O Tesouro dos Sifnianos em Delfos

-500/-490

Vestígios das fundações. Caminho sagrado, Delfos / Vista do noroeste

 
0966
Vista do noroeste.
 
0966a
Fundações da entrada / Fachada oeste
Imagem“Panegyrics of Granovetter”, 02/05/2009FonteFlickRLicençaCC BY-SA 2.0Iluminura0966
Comentários

O Tesouro ficava na entrada do santuário de Apolo em Delfos, ao longo do Caminho Sagrado, perto da extremidade sul (Fig. 0230).

f0230
Fig. 0230. Plano das áreas sul e sudeste do Santuário. Porta A - entrada sudeste, 1 - caminho sagrado, 2 - tesouro dos sicionianos, 3 - tesouro dos sifnianos, 4 - tesouro dos tebanos, 5 - tesouro dos eólios.

O edifício era pequeno (99 × 99 metros), revestido de mármore, com telhado xxx

f0231
Fig. 0231. Reconstituição da fachada oeste.

Atualmente, no sítio, apenas vestígios das fundações são visíveis. Na iluminura supra, os turistas que se aproximam pelo Caminho, vindos do leste, vêem a parede posterior do Tesouro; a entrada atual se vê na Ilum. 0966a. A fachada, com duas cariátides e um pórtico ornamentado (Fig. 0231), ficava a oeste, isto é, do lado oposto de quem entrava pela porta A, no extremo sudeste, e seguia pelo caminho sagrado.

La Coste-Messelière (P. de). Au Musée de Delphes. Recherches sur quelques monuments archaïques et leur décor sculpté. Paris, E. de Boccard, 1936 . . : , 1999. [disponível on-line]