logo
948
0948X

Dioscorides (40/90)

515

Iluminura do ms. Vienna Dioscorides, Cod. med. gr. 1 folio 4 verso

AcervoViena, Biblioteca Nacional AustríacaImagemChristoph Waghubinger, 28/07/2009FonteWikimedia CommonsLicençaDomínio públicoIluminura0948
Comentários

A figura masculina à esquerda, sentada em um trono e com os pés apoiados em um escabelo, representa Dioscorides, o autor do tratado De materia medica. Seu nome foi escrito em unciais (ΔΙΟϹΚΟΡΙΔΗϹ) no pórtico logo atrás dele.

A figura feminina à direita é Εὕρεσις (= ΕΥΡΕϹΙϹ, em unciais), personificação da Descoberta, que apresenta ao médico a raiz da mandrágora (gr. μανδραγόρας), uma das numerosas plantas utilizadas pelos médicos gregos. Notar o formato da raiz, semelhante a um corpo humano.

A presença do cão agonizante, aos pés de Dioscorides, remete a uma crença popular divulgada por Flávio Josefo (BJ 7.6.3). Consta que, ao ser arrancada do solo, a raiz da mandrágora emite um grito capaz de matar quem a colhe. Segundo Josefo, que chama a mandrágora de baaras, para obter a raiz deve-se primeiro amarrar um cão à planta; ao se afastar dali, o dono faz o cão seguí-lo e, assim, arranca a raiz e morre ao ouvir o grito. Depois disso, o dono do cão pode manusear a planta sem problemas.

Veja, em iluminuras relacionadas, outras ilustrações do mesmo manuscrito.