logo
537
0537X

Joias minoicas variadas

-1450/-1350

Peças de ouro das tumbas de Sellopoulos, Creta

 
0537
Joias minoicas variadas / Imagem principal
 
0537a
Detalhe dos colares
 
0537b
Detalhe dos colares
AcervoMuseu Arqueológico de HeraklionImagemOlaf Tausch, 14/09/2009FonteWikimedia CommonsLicençaCC BY-SA 3.0Iluminura0537
Comentários

Contas de ouro em relevo (nº 23-25) estavam entre as peças mais comuns do repertório dos joalheiros minoicos; peças muito semelhantes foram encontradas também em diversos túmulos micênicos da Grécia Continental. Ver detalhes dos colares nas Fig. 0537a-b: as contas do colar de cima parecem conchinhas estilizadas e as do de baixo são polvos estilizados (Fig. 0537a) e as do colar do meio representam um náutilo[1].

Observar o fino trabalho de granulação dos brincos de ouro (nº 20-22), cujo formato lembra a cabeça de um touro (bucrânio[2]). O nº 26 é um ornamento de ouro para colar, com selo de cornalina / sárdio, e o nº 27 parece uma pequena corrente para prender o cabelo ou uma tira para cabeça.

Etapa cultural: Minoico Recente.

Notas
[ utilize os recursos do navegador para VOLTAR ao texto ]
  1. O náutilo, do gr. ναυτίλος, ‘marinheiro’, é um molusco cefalópode que, ao contrário de polvos e lulas, tem concha externa; a cabeça tem olhos bem desenvolvidos e os braços são preênseis. Vive em geral muitos metros abaixo da superfície do mar, e longe das praias.
  2. O bucrânio (gr. βουκράνιον) é um ornamento arquitetônico greco-romano inspirado numa cabeça descarnada de boi (Dicionário Aurélio, s.v.)