Græcia Antiqua

Eos e Mêmnon

453
exp
Interior de taça ática de figuras vermelhas de Douris (pintor) e Calíades (ceramista). Cápua, Itália.
-490/-480
grupo
acervo
imagem
“Bibi Saint-Pol”, 09/05/2007
græcia antiqua
Iluminura 0453

A presença de Eos, a aurora, é relativamente frequente nos vasos gregos de figuras vermelhas. A deusa é mostrada em geral como uma mulher alada que persegue os homens pelos quais se apaixonou (Céfalo, Titono) ou que recolhe o corpo do filho, Mêmnon, morto durante a Guerra de Troia (esta cena).

Neste vaso, ao lado das imagens, além do nome dos personagens, Douris fez diversas anotações, conforme o costume da época. Elas identificam os autores da obra ("Douris pintou", "Kalíades fez") e ainda fazem uma homenagem a algum popular jovem daqueles dias ("Hermógenes é belo").

Veja outros vasos decorados por Douris em iluminuras relacionadas e também outros vasos em que Eos aparece (links externos).

iluminuras relacionadas
 
0213
Odisseu e Neoptólemo
 
0246
Héracles ataca Lino
links externos
  • Eos e Títonos (P. de Títonos ?, -480). Vaso de figuras vermelhas, Boston, Museum of Fine Arts.
  • Eos e Céfalos (P. de Christie ?, -440). Vaso de figuras vermelhas. Johns Hopkins University Archaeological Collection.
a iluminura no portal
imprenta
Ilustração nº 0453, publicada em 06/02/2001. Última atualização: 13/11/2015.Licença dos comentários: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Eos e Mêmnon. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/img.asp?num=0453. Consulta: 18/04/2019.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 22/03/2019 ← novidades Contato Outras páginas do autor Créditos
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2019