logo
443
0443X

Saturno devorando um de seus filhos

1820/1823

Óleo em gesso, transferido para tela, do pintor espanhol Francisco José Goya y Lucientes (1746/1828)

AcervoMadri, Museu do PradoImagemWeb Gallery of ArtFonteWikimedia CommonsLicençaDomínio públicoIluminura0443
Comentários

A premência e o medo do gigantesco Crono (Saturno, para os romanos), e não a simples fome, transparecem nesta obra grotesca, perturbadora e sombria de Goya. Ela faz parte do grupo das “pinturas sombrias” com que o artista decorou, nos últimos anos de vida, algumas salas de sua casa, a Quinta del Sordo.

Essa pintura decorava, imaginem, uma das paredes da sala de jantar...

Etapa cultural: Romantismo.