Græcia Antiqua
i0174
Dioniso e mênades - II
c. -500 / -490
Cena de ânfora ática de figuras vermelhas do Pintor de Cleofrades. Vulci.

Dioniso, com pele de leopardo nos ombros, coroado com folhas de parreira, mais um cântaro e um ramo de parreira nas mãos, está cercado por duas mênades que carregam o tirso, símbolo de Dioniso; a mênade à direita do deus tem, também, uma serpente enrolada na mão esquerda.

Ambas parecem, ainda, donas de seus sentidos, mas a serpente parece ter entrado em êxtase dionisíaco...

O Pintor de Cleofrades, decorador do vaso, era filho ou sucessor de Amásis, um dos mais importantes decoradores de vasos de figuras negras. Juntamente com o Pintor de Berlim, é uma das estrelas das primeiras décadas do século -V. Suas figuras, embora um tanto pesadas e estáticas (como os primeiros vasos de figuras vermelhas), compunham cenas expressivas e de impacto dramático. Conhecemos mais de 100 vasos decorados por ele entre -505 e -470, inclusive algumas ânforas panatenaicas de figuras negras.

Veja outro vaso do Pintor de Cleofrades em iluminuras relacionadas.

a iluminura no portal
iluminuras relacionadas
 
O retorno de Hefesto ao Olimpo.

Imprenta

Ilustração nº 0174
publicada em 18/02/2001. atualização: 17/02/2009.
Licença dos comentários: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Dioniso e mênades - II. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/img.asp?num=0174. Consulta: 23/05/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 30/04/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017