logo
\ 230 palavras

Textos gregos diversos

São comuns, nos estudos sobre a antiga cultura grega, referências a “textos literários” e a “textos não literários” em grego antigo.

A despeito das dificuldades conceituais que envolvem o termo literatura, o reconhecimento dos textos literários é relativamente simples, graças às suas características estéticas (ver Literatura grega).

Os textos não literários são bem mais variados, mas em geral contêm informações específicas, registradas sem grandes preocupações estéticas e estilísticas, e podem ser organizados de acordo com a área do conhecimento envolvida: filosofia, ciências, história, gramática, etc.

Assim como poemas, peças de teatro, discursos e romances em grego antigo, muitos textos não literários chegaram aos nossos dias através de manuscritos e de inscrições. No último século e meio, por outro lado, os arqueólogos têm descoberto grandes quantidades de textos simples, breves, diretos e despretensiosos sobre problemas e questões da vida cotidiana.

Algumas inscrições, mensagens e cartas pessoais foram apresentadas em outras partes do Portal; aqui foram reunidos alguns exemplos de contratos, recibos, relatórios, testamentos, procedimentos legais e outros documentos que esclarecem e ilustram vários aspectos da vida diária dos gregos da Antiguidade.

As mais importantes fontes desses documentos são as edições dos papiros de Oxirrinco, iniciadas em 1908 por Bernard Grenfell e Arthur Hunt, da Universidade de Oxford. Quase todos os papiros encontrados em Oxirrinco (atual el-Bahnasa, Egito) e em outras localidades estão sumariamente descritos na página papyri.info (infra).

leia mais