Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO
500 palavras

Cartas / De Lésis a Xenocles e à mãe

A carta de Lésis, datada do início do século -IV, foi inscrita com um estilete de junco em maiúsculas, da esquerda para a direita, em um dos lados (lado A) de fina placa de bronze, em quatro linhas (Fig. 0224). A placa tem mais ou menos 5×13,4 cm e o lado B, que provelmente continha o endereçamento, está danificado e ilegível.

A mensagem foi encontrada em um poço da parte noroeste da ágora de Atenas, aparente depósito de oficina próxima à Estoá do basileu e da Estoá pintada [Ilum. 1032]. A placa estava enrolada, com o texto na parte interna, e deve ter sido jogada pela pessoa encarregada de levá-la. Aparentemente, nunca chegou ao destinatário.

f0224
Fig. 0224. Desenho da inscrição.

O texto foi editado por David Jordan (2000), que discutiu também o contexto arqueológico do achado. Seguem a transcrição da carta em minúsculas e uma tradução aproximada:

Λῆσις {ις} ἐπιστέλλει Ξενοκλεῖ καὶ τῆι μητρὶ* μηδαμῶς περιιδν* αὐτὸν ἀπολόμενον ἐν τῶι χαλκείωι*, ἀλλὰ πρὸς τὸς δεσπότας αὐτ ἐλθν* καὶ ἐνευρέσται τι βέλτιον αὐτῶι. Ἀνθρώτωι γὰρ παραδέδομαι πάνυ πονηρῶι· μαστιγόμενος* ἀπόλλυμαι· δέδεμαι· προπηλακίζομαι· μᾶλλον μᾶ[λ]λον. Lésis envia (esta mensagem) a Xenocles e à mãe dele*, para que não deixem de ver* que ele está morrendo na oficina*, procurem os patrões dele e descubram algo melhor para ele. Estou nas mãos de um homem inteiramente perverso: morto de chicotada, agrilhoado, insultado, cada vez mais!

Notas textuais

    1   τῆι μητρὶ, 'à sua mãe': expressão algo dúbia em português (Lésis se refere à mãe dele e não à mãe de Xenocles)    περιιδν = περϊιδεῖν

    2   χαλκεῖον, 'fundição', e também oficina onde se trabalha com metais (objetos diversos de cobre, bronze, ferro, etc.)    ἐλθν = ἐλθεῖν

    4   μαστιγόμενος = provavelmente μαστιγουμένος, incomum particípio presente mediopassivo, nominativo masculino sg. de μαστιγόω

Comentários

De acordo com Jordan, o nome Lésis é de origem dórica e o jovem pertencia a uma família de metecos[1] de Atenas. Lésis aparentemente era um jovem aprendiz insatisfeito com o tratamento recebido e implorava que a mãe e Xenocles, talvez o προστάτης, 'patrono' da família, providenciassem arranjo mais favorável a ele.

Jordan também destaca a brusca mudança da terceira pessoa do discurso para a primeira, na terceira linha, talvez um recurso retórico para destacar a urgência do pedido.

Athenian Agora lead letter

Notas

  1. Meteco (gr. μέτοικος) é a denominação dada a estrangeiros que podiam viver em outra pólis, desde que um cidadão se tornasse seu patrono (gr. προστάτης). O estatuto legal dos metecos era inferior ao dos cidadãos, embora fossem sujeitos ao pagamento de uma taxa especial (o metoikion) e a outras obrigações cívicas, como por exemplo a liturgia (patrocínio de atividades públicas não custeadas pelo Estado). Em Atenas, os metecos participavam ativamente do comércio, podiam servir no exército ou na marinha, mas não podiam falar na Assembleia, nem se casar com cidadãos, nem adquirir propriedades sem permissão especial.
    Graham Speake (ed.), Penguin Dictionary of Ancient History (London, Penguin, 1995), s.v. ‘Metics’.

Referências

David R. Jordan. A personal letter found in the Athenian agora. Hesperia, v. 69, 2000, p. 91-103. [disponível on-line]

Créditos das ilustrações

f0224The American School of Classical Studies at Athens. Fonte: Jordan (2000, p. 94) → / CC BY-NC-ND 4.0.

Imprenta

Artigo nº 1173, publicado em 24/03/2019.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Cartas / De Lésis a Xenocles e à mãe. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=1173. Consulta: 18/07/2019.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 18/07/2019 ← novidades Contato Outras páginas do autor Créditos
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2019