Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

Rituais de purificação

... ainda falta muito!...
MINUTA / ESBOÇO...
r

Os rituais de ‘purificação’ têm a finalidade de remover impurezas determinadas especificamente por conceitos e ideias próprias de uma cultura, usualmente antes de atividades religiosas. E esse tipo de “impureza” nem sempre tem relação com fluidos corporais e sujeira...

Na cultura grega antiga havia diversas “impurezas”, cuja conceituação remonta certamente a tempos muito antigos. As mulheres eram, por exemplo, consideradas impuras durante um certo tempo após o parto; todos os que entravam em contato com a morte de alguém, principalmente os homicidas, eram impuros.

A purificação de Orestes

O assassinato, mesmo involuntário, tornava o assassino impuro. Nos mitos gregos, ninguém podia tocar o assassino (pois o toque contamina...), ou sentar-se com ele à mesa para uma refeição, ou beber em sua companhia, até que fosse submetido a um ritual de purificação. Veja uma ilustração desse procedimento na Ilum. 0441, ao lado.

A finalidade do ritual de purificação era, portanto, restabelecer o estado anterior de pureza, para que o impuro pudesse novamente participar das atividades da comunidade.

Uma inscrição de Lindos, Rodes, datada do início do século III, lista uma série de restrições aos fiéis que pretendiam adentrar o templo e dá uma ideia do que se considerava “impuro”, do ponto de vista físico e do ponto de vista religioso:

  1. usar roupas sujas e faixas na cabeça;
  2. usar cinto com nó e sapatos de certo tipo;
  3. mulheres, até 40 dias após um aborto;
  4. mulheres, até 21 dias após o parto;
  5. homens, até 40 dias após ter relações sexuais com uma virgem;
  6. homens, até 30 dias após ter relações sexuais com uma prostituta;
  7. até 40 dias após morte na família;
  8. até 7 dias depois de lavar um cadáver;
  9. até 3 dias depois de entrar na casa de alguém que morreu.

Os homens, após outros tipos de relações sexuais, podiam entrar após um ritual de purificação, e a inscrição acrescenta que, de impurezas provocadas por coisas ilegais, nunca se está limpo...

[ em andamento... ]

Créditos das ilustrações

i0441Orestes, Apolo e as Erínias → Ver comentários.

Imprenta

Artigo nº 1123
Esboço preparado em 01/02/2017.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Rituais de purificação. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=1123. Consulta: 11/12/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 10/11/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017