logo

Crates de Tebas e Hipárquia

Κράτης Crates Thebanus Poeta Phil. Crates Theb.
 
Crates de Tebas (-365/-285) e Hipárquia
página esquemática / provisória

Consta que o filósofo cínico Crates de Tebas (gr. Κράτης), que viveu entre -365 e -285, foi pupilo de Diógenes de Sinope e mestre de Zeno de Cítio.

Segundo Diógenes Laércio, era de família rica mas viveu na pobreza em Atenas, como Diógenes. Casou-se com Hipárquia de Maroneia, também de família abastada, que decidiu seguir sua filosofia e viver com ele nas ruas de Atenas. Hipárquia é a única filósofa cínica conhecida.

O ascetismo do casal não era tão extremo quanto o de Diógenes, e ambos eram muito respeitados pelos atenienses. Plutarco escreveu uma biografia de Crates, hoje perdida.

Crates escreveu cartas com temas filosóficos e também, segundo a tradição, tragédias e poemas; somente alguns fragmentos de suas ideias chegaram até nós. As Epístolas cínicas, a ele atribuídas, são na verdade criações apócrifas do século I. Hipárquia teria escrito um tratado, que não sobreviveu.

 

leia mais