Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

Plotino

... ainda falta muito!...
MINUTA / ESBOÇO...
r
 
Plotino (c. 204/270)

Plotino (gr. Πλωτῖνος) pode ser considerado o fundador do neoplatonismo. Viveu entre 204/5 e 270, aproximadamente, e foi discípulo de Amônio Saccas (fl. sæc. III) de 232 a 243, em Alexandria. Esteve na Índia e de 245 em diante viveu em Roma, depois na Sicília e finalmente na Campânia, onde faleceu.

Juntamente com Platão e Aristóteles, Plotino foi um dos grandes filósofos da Antiguidade. Teve seguidores importantes, como alguns senadores romanos, mas Porfírio (c. 234/305) foi seu mais importante discípulo.

O principal conceito filosófico defendido por ele era o Uno, princípio supremo e transcendente que englobava tanto o ser quanto o não ser e a partir do qual toda a realidade emergiu, mas não a partir de um ato de criação.

Note-se que o cristianismo tem diferentes conceitos sobre a a origem do universo e que nunca foi mencionado por ele.

Os escritos de Plotino chegaram até nós através de uma edição de Porfírio, que dividiu artificialmente o texto em seis grupos de nove tratados, daí o título tradicional de Enéades.

Edições e traduções

As principais edições modernas completas são as de Bréhier (1924/1938), Henry & Schwyzer (1964/1982), Armstrong (1968/1988) e Brisson & Pradéau (2002/2010).

Não há nenhuma tradução completa para o português. No século XX, alguns tratados isolados foram traduzidos a partir da versão inglesa ou francesa, e um grupo maior — 12 tratados — por Sommerman (2000). Em 2003, Luciana Soares traduziu Acerca da beleza inteligível (Plot. 5.8 = 31) diretamente do grego, assim como Seabra Filho e Maia Jr., que em 2014 traduziram a primeira Enéada e seus nove tratados.

[ texto inacabado... ]

Referências

José R. Seabra Filho & Juvino A. Maia Jr., Plotino - Enéadas / Primeira Enéada, Belo Horizonte, Nova Acrópole, 2014. Luciana Gabriela E.C. Soares, Plotino, acerca da beleza inteligível (Enéada V, 8 [31]), Kriterion 107, 110-135, 2003. [disponível on line] Plotino, Tratados das Enéades, trad. A. Sommerman, S. Paulo, Polar, 2000.

Leitura complementar brpt

Gabriela Bal, Silêncio e contemplação, uma introdução a Plotino, S. Paulo, Paulus, 2007. Cícero C. Bezerra, Compreender Plotino e Proclo, Petrópolis, Vozes, 2006.

Créditos das ilustrações

i1165Plotino (c. 204/270) → Ver comentários.

Imprenta

Artigo nº 1044
Esboço preparado em 08/02/2016.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Plotino. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=1044. Consulta: 28/06/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 30/04/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017