Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

Hipérion, Têmis e outros titãs e titânides

 
Têmis

Com exceção de Crono, Reia, Oceano e Tétis, os demais titãs e titânides têm apenas importância genealógica e, eventualmente, cultual. Todos eles participaram, no entanto, da titanomaquia, a guerra que colocou Zeus no poder.

                                                 +--------------------------------------+
                                                 |                                      |
                   Urano -------+-------- Gaia --+-- Ponto                              |
                                |                                                       |
            +--------+----------+-----------+----------+-------+-------+-------+ ...    |
            |        |          |           |          |       |       |       |        |
Climene  Jápeto   Têmis    Mnemosine    Hipérion     Teia    Ceos    Febe    Crio   Euríbia
  |         |                               |          |       |       |       |        |
  +----+----+                               +----+-----+       +---+---+       +----+---+
       |                                         |                 |                |
    Atlas e                                    Selene            Letó             Palas
    irmãos 	                               Éos               Astéria          Perses
                                               Hélio				  Astreu 

A titânide Têmis (gr. Θέμις) personificava a ordem e as leis imutáveis e eternas, e por extensão, a justiça mais elevada. Foi, posteriormente, uma das consortes de Zeus e mãe das horas. Segundo alguns mitógrafos, inventou os oráculos e rituais religiosos; algumas versões afirmam que no oráculo de Delfos, antes da chegada de Apolo, era ela a deusa das profecias, e não Gaia.

Mnemosine (gr. Μνημοσύνη), outra titânide, personificava a memória e tornou-se, posteriormente, consorte de Zeus e mãe das musas.

Hipérion (gr. Ὑπερίων, "o que caminha no alto") era, provavelmente, uma divindade pré-helênica ligada ao sol, à luz do sol ou, possivelmente, o próprio sol. Unido à irmã Teia (gr. Θεία), gerou Selene, a lua; Éos, a aurora; e Hélio, o sol. Na época de Homero, o sol era já personificado por Hélio e "Hipérion" era apenas um epíteto (Il. 8.480).

Jápeto (gr. Ἰαπετός) uniu-se a uma sobrinha, a oceânide Climene (Ásia, em outras versões) e gerou Menécio, Atlas, Prometeu e Epimeteu; de sua linhagem surgiriam, mais tarde, os mortais.

Crio (gr. Κρεῖος) uniu-se à sua meia-irmã Euríbia, filha de Ponto e Gaia, e gerou Palas (gr. Πάλλας), Perses (gr. Πέρσης) e Astreu (gr. Ἀστραῖος), entidades também de importância puramente genealógica.

Ceos (gr. Κοῖος) uniu-se à irmã Febe (gr. Φοίβη) e gerou Letó, mais tarde um dos amores de Zeus, e Astéria (gr. Ἀστερία), que se casou com Perses, filho de Crio e Euríbia.

Representações e culto

Têmis, mostrada como uma senhora de aspecto severo, era adorada em Ramnunte (Ática), no santuário de Nêmesis.

Ao contrário do que consta em algumas fontes, o Mosaico de Mnemosine não representa a titânide Mnemosine.

Outras iluminuras

 
Têmis e Egeu.
 
Apoteose de Homero.
 
O mosaico de Mnemosine.

Notas

  1. Maia (gr. Μαῖα), consorte de Zeus e mãe de Hermes, era primitivamente uma ninfa da Arcádia (ver h.Hom. 4, a Hermes). Só mais tarde foi considerada uma das Plêiades.

Créditos das ilustrações

i0042Têmis → Ver comentários.
i0334Têmis e Egeu → Ver comentários.
i1027Apoteose de Homero → Ver comentários.
i1209O mosaico de Mnemosine → Ver comentários.

Links externos

Imprenta

Artigo nº 0857
publicado em 24/01/1999.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Hipérion, Têmis e outros titãs e titânides. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0857. Consulta: 16/12/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 10/11/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017