Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO
510 palavras

Eurípides / Ifigênia em Táuris 1017-50

TRADUÇÃO

O trecho selecionado faz parte do 3º Episódio e vem logo depois da grandiosa cena de reconhecimento. Ifigênia e seu irmão Orestes conversam a respeito da fuga de Táuris, avaliando possibilidades e planejando o engano do rei bárbaro que irá possibilitar sua salvação.

Após uma pequena sequência de três versos, enunciados por Ifigênia, começa a esticomitia[1], que assinala um incremento no ritmo da ação dramática. O Coro presencia o diálogo, sem intervir.

A tradução da passagem é de Marcelo Bourscheid (2012, p. 165-70).

IFIGÊNIA  E como poderíamos evitar a morte  e ter aquilo que desejamos? Esta é a parte frágil  do nosso retorno ao lar. Isto é o que precisamos decidir. ORESTES 1020  Poderíamos aniquilar o rei? If.Que palavras terríveis as suas: um estrangeiro matar um anfitrião. Or.Mas se isso nos salvar, precisamos correr o risco. If.Eu não poderia, mas aprovo a sua prontidão. Or.E se você me escondesse em segredo neste templo? 1025 If.Para que, tomados pela escuridão, possamos nos salvar? Or.Pois a noite é dos ladrões, e da verdade a luz do dia. If.Mas há guardas no interior do templo, não nos esqueçamos deles. Or.i de mim! Estamos arruinados. Como poderemos escapar? If.Acho que tenho um novo plano. 1030 Or.Qual? Divida comigo sua ideia, para que eu saiba. If.Usarei suas dores com astúcia. Or.As mulheres são fantásticas em encontrar artifícios. If.Direi que você veio de Argos por ter matado sua mãe. Or.Aproveite meus males se isto lhe for útil. 1035 If.Direi que não é correto sacrificá-lo à deusa. Or.E qual o motivo? Já suspeito de algo. If.Você não é puro. Só darei à morte o que for consagrado. Or.Mas como a imagem da deusa será capturada? If.Eu direi que pretendo purificá-lo nas ondas marinhas. 1040 Or.Mas permanece no templo a estátua pela qual até aqui navegamos. If.Direi que terei de lavá-la, pois você a tocou. Or.Onde? Na úmida costa marinha? If.No lugar em que seu barco está ancorado, preso a cordas de linho. Or.Você ou outro levará a estátua nos braços? 1045 If.Tocá-la só é permitido a mim. Or.E que parte caberá ao nosso Pílades nessa tarefa? If.Será dito que ele tem a mesma mácula. Or.E você fará isso escondida do rei ou com o conhecimento dele? 1049 If.Persuadido por minhas palavras, pois não poderia me esconder. 1051  E você deve cuidar para que tudo saia bem. 1050 Or.Os remos do barco estão prontos. 1052  Só falta uma coisa: que estas mulheres mantenham segredo.  Suplique a elas, encontre palavras  convincentes: a mulher tem o poder da compaixão. 1055  Todo o resto caminhará bem.
TEXTO GREGO
a

Notas

  1. Esticomitia (gr. στιχομυθία) é um recurso estilístico muito usado pelos poetas trágicos, usualmente em diálogos: dois personagens declamam, alternadamente, um verso cada um.

Referências

Marcelo Bourscheid, Ifigênia entre os tauros, de Eurípides: introdução, tradução e notas, Curitiba, Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Paraná, 2012. [disponível on-line]

Imprenta

Artigo nº 0759, publicado em 12/01/2019.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Eurípides / Ifigênia em Táuris 1017-50. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0759. Consulta: 22/07/2019.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 20/07/2019 ← novidades Contato Outras páginas do autor Créditos
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2019