Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

Antigas lendas da Argólida

As lendas ligadas à cidade de Argos, que significa ‘terra brilhante’, estão entre as mais antigas e mais importantes da mitologia grega. Essas lendas ligam, através de Ínaco e dos outros ancestrais míticos dos reis de Argos, a Argólida com o Egito, com o Oriente Médio e com importantes personagens lendários de outras regiões da Grécia.

Ínaco (gr. Ἴνακος) é o mais antigo rei de Argos, que teria vivido antes da criação do homem. Sua genealogia é um pouco confusa, mas em geral ele é considerado pai de e de Foroneu, um dos homens primevos. Épafo, seu neto, uniu-se a Mênfis[1], filha de Nilo[2], e gerou Líbia[3], que se uniu a Posídon e teve dois filhos, Agenor e Belo[4].

Com exceção de e Foroneu, que têm lenda própria, temos até aqui, basicamente, ancestrais míticos de rios, cidades e regiões: Ínaco é um deus-rio da Argólida e Nilo, do Egito; ambos são filhos de Oceano e Tétis. Mênfis e Tebe personificam cidades do Egito (Mênfis e Tebas[5]), e Líbia personifica a região de mesmo nome. Agenor e Belo são, respectivamente, antigos reis da Fenícia e do Egito. Busíris[6] e Egito[7] também eram, para os gregos, antigos reis do Egito.

Agenor é pai de Cadmo, fundador de Tebas, e ancestral de Édipo; Dânao, seu sobrinho, antigo rei de Argos, é pai das danaides e ancestral de Acrísio, Preto, Dânae, Perseu e Héracles, de um lado, e de Náuplio, personificação de uma pólis da Argólida, e de Atreu, rei de Micenas, pai de Agamêmnon e Menelau, de outro. Preto, irmão de Acrísio, é pai das prétides e participa da lenda do herói Belerofonte e da do médico-adivinho Melampo.

Notas

  1. Mênfis (gr. Μέμφις), filha de Nilo, casou-se com Épafo, filho de e de Zeus, e foi mãe de Líbia, Tebe e Lisianassa. Heroína epônima da cidade egípcia de Mênfis, fundada em -3100 e conhecida pelos egípcios antigos, inicialmente, por inb-hd ("muros brancos"), e mais tarde, por mn-nfr ("o bom lugar").
  2. O nome egípcio do deus-rio Nilo (gr. Νεῖλος) e do próprio rio Nilo era Hap(i) e data provavelmente do Pré-dinástico, período da cronologia egípcia que se refere aos séculos anteriores a -3100.
  3. Líbia (gr. Λιβύη), filha de Épafo e Mênfis, uniu-se a Posídon e foi mãe de Agenor e Belo. Ela é a personificação da região de mesmo nome, correspondente a todo o norte da África, a oeste do Egito; os antigos egípcios chamavam essa região de Tmhw.
  4. Belo é, provavelmente, uma versão grega da palavra semítica Ba'al (hebraico בעל, ‘senhor’, ‘mestre’), usada no Oriente Médio antigo para deuses, reis ou homens muito poderosos. Em certa medida, equivale ao título micênico 𐀷 𐀩 𐀏 (wa-na-ka, gr. clássico ἄναξ).
  5. Tebe (gr. Θήβη) é a heroína epônima da cidade egípcia de Tebas, cujo nome original era Waset, igual ao de uma deusa local. Embora já existisse antes de -3100, tornou-se importante no Egito faraônico somente depois de -2000.
  6. Busíris (gr. Βούσιρις), tirânico rei do Egito, era filho de Posídon e Lisianassa, filha de Épafo e Mênfis. O nome é, possivelmente, simples alteração de Osíris, nome de um dos mais importantes deuses egípcios. Busíris participa do 11º trabalho de Héracles.
  7. Egito, filho de Belo e irmão gêmeo de Dânao, é o herói grego epônimo do Egito. A palavra “Egito”, que utilizamos correntemente, vem do grego Αἴγυπτος; os egípcios chamavam sua própria terra de km.t (lia-se, possivelmente, “ke-mi-t”), que na antiga língua egípcia significa ‘terra negra’.

Links externos

Imprenta

Artigo nº 0729
publicado em 15/12/2001. Atualização: 25/03/2008.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Antigas lendas da Argólida. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0729. Consulta: 24/05/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 30/04/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017