Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

Calino de Éfeso

 
Combate entre hoplitas

Calino (gr. Καλλῖνος), é um dos mais antigos poetas líricos[1] conhecidos e, com certeza, um dos primeiros expoentes da elegia guerreira (Orion s.v. ἔλεγος).

Vida e obra

Nada sabemos a seu respeito, além de breves citações de autores antigos e de algumas deduções a partir de sua própria obra.

Viveu em Éfeso, na Iônia, durante a primeira metade do século -VII, aproximadamente, e é possível que tenha participado das lutas contra os magnésios da Ásia Menor e, também, contra os cimérios[2]. Chegaram até nós apenas um poema de temática militar, talvez a mais antiga poesia desse gênero que chegou até nós, versos isolados e um breve comentário sobre a Tebaida, um dos poemas cíclicos.

Nota-se, no único fragmento significativo de sua obra, a influência do verso épico na poesia elegíaca.

Fontes

Estrabon é, por enquanto, nossa melhor fonte: 13.1.48, 13.4.8 e 14.1.40. De menor importância são Pausânias (9.9.5), Clemente de Alexandria (Strom. 1.21.131), Ateneu (12.29.3) e Orion (s.v. ἔλεγος).

Edições e traduções

As coletâneas modernas básicas são as de Bach (Leipzig, 1831), Bode (Leipzig, 1838), Bergk (Leipzig, 1882), Edmonds (Cambridge, 1931), West (Oxford, 1972), Gentili e Prato (Leipzig, 1979).

O primeiro fragmento de Calino foi traduzido para o português por Falco e Coimbra (1941), por Malhadas e Moura Neves (1976) e por Rocha Pereira (1998).

Notas

  1. Quem era precisamente o poeta lírico mais antigo era questão controvertida já na Antiguidade. Calino de Éfeso viveu por volta de -660 e as atividades de Arquíloco de Paros podem ser situadas em -648, aproximadamente; Tirteu de Esparta, ligado às guerras entre Esparta e Messênia, viveu na segunda metade do século -VII. Devido à proximidade entre as datas e às incertezas da cronologia do alto Período Arcaico, no momento não é possível determinar qual deles é o mais antigo.
  2. Os cimérios (gr. Κιμμέριοι) eram povos nômades que viviam nas terras em volta do Mar Negro. Ao longo do século -VII, pressionados pelos citas, fizeram diversas incursões bem sucedidas na Ásia Menor, notadamente em Górdio (Frígia), Sardes (Lídia) e Magnésia (Iônia).

Leitura complementar brpt

V. Falco & A.F. Coimbra, Os Elegíacos Gregos de Calino a Crates, São Paulo, 1941. D. Malhadas & M.H. Moura Neves, Antologia dos Poetas Gregos de Homero a Píndaro, Araraquara, FFCLAr-UNESP, 1976.

Créditos das ilustrações

i0906Combate entre hoplitas → Ver comentários.

Links externos

Imprenta

Artigo nº 0668
publicado em 15/02/1999. Atualização: 16/01/2008.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Calino de Éfeso. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0668. Consulta: 17/08/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 30/04/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017