Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

O Caos primordial

 
Aspecto astronômico do Caos

Os gregos conheciam diversas lendas sobre a origem do Cosmo. A versão que Hesíodo delineou em sua Teogonia é uma das mais coerentes e bem estruturadas, além de simples e didática. Graças à popularidade dessa obra entre os antigos é, também, a mais conhecida:

No princípio, existia apenas o Caos (gr. Χάος), vazio primordial e escuro que precedeu toda a existência; depois surgiu Gaia, a “mãe de todos”, e a seguir vieram Tártaro e Eros e, então, Érebo e Nix.

Essas quatro poderosas divindades primordiais começaram a existir, aparentemente, a partir de simples desdobramentos, sem a ajuda de qualquer união sexual. Mais tarde, graças ao aparecimento de Eros, tais uniões tiveram lugar.

As linhagens de Tártaro e Eros foram pouco produtivas; Nix, Érebo e Gaia, por outro lado, deram origem aos deuses propriamente ditos, seja através de mais desdobramentos ou, então, ‘unidos em amor’... (Hes. Th. 125).

Representações e culto

Caos era uma entidade abstrata, de função puramente genealógica; não foi tema da arte grega e nem objeto de culto.

Outras cosmologias

Para Hesíodo, como vimos, tudo havia começado com Caos e Gaia (Hes. Th. 116). Homero considerava, porém, o titã Oceano a real origem dos outros deuses (Il. 14.200 e 246) e as doutrinas órficas, a julgar por testemunhos tardios (Dam. Pr. 124), mencionavam Nix como o princípio de todas as coisas. Outras fontes mencionam, ainda, a origem a partir de um “ovo primordial” (Ar. Av. 693-703).

Ferécides de Atenas (sæc. -VI), por sua vez, sustentava que Zeus, Crono e Gaia haviam existido sempre e, consequentemente, não teria ocorrido propriamente uma criação (D.L. 1.119).

De qualquer modo, para os gregos as forças que haviam atuado no momento da criação eram todas, em qualquer uma das versões conhecidas, essencialmente divinas.

Créditos das ilustrações

i0423Aspecto astronômico do Caos → Ver comentários.

Imprenta

Artigo nº 0656
publicado em 04/01/1999.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. O Caos primordial. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0656. Consulta: 19/08/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 30/04/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017