logo

A pintura “neoclássica”

sæc. XV / XXI
 
Safo no Cabo Lêucade

Na pintura do Renascimento propriamente dito (sæc. XV e XVI), houve um retorno ao equilíbrio das formas clássicas, seguido posteriormente pela exuberância do Barroco (sæc. XVII e XVIII), pela elegância do Neoclassicismo (sæc. XVIII) e pela luminosidade e expressividade do Romantismo (sæc. XIX).

Um movimento do fim do século XIX, o dos pré-rafaelitas, notabilizou-se pela idealização da figura feminina, pelas paisagens luxuriantes e pelos temas mitológicos.

Em todos os estilos artísticos dos últimos quinhentos anos floresceram, aliás, a temática mitológica e o nu, quase sempre em moldes semelhantes aos do Período Clássico e do Período Helenístico da arte grega.

Embora naturalismo, realismo e expressionismo estivessem combinados de várias maneiras, uma ou outra dessas características predominou de acordo com o estilo da época.

Os estilos do início do século XX em diante são ditos “contemporâneos”, denominação reducionista, porém consagrada.

leia mais
galerias de arte