Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

A arte clássica

 
Zeus ou Posídon?

As décadas que separam a vitória grega nas guerras médicas (-480) da morte de Alexandre III (-323) marcam o amadurecimento e o apogeu da arte grega. As principais características desta fase, tradicionalmente denominada clássica, foram basicamente o crescente interesse dos artistas na representação naturalista da figura humana e a utilização de formas idealizadas de homens e mulheres em movimento.

Na escultura esses princípios podem ser observados com toda a nitidez: estátuas de homens e deuses em diferentes poses, atletas em pleno movimento e mulheres com vestes esvoaçantes, soltas ao vento, enfeitam templos e sepulturas. Os relevos dos frontões, métopas e frisos dos templos, assim como as populares estelas fúnebres, acompanharam essa estética passo a passo.

Os templos clássicos, erguidos desde as primeiras décadas conforme as tradicionais ordens dórica e iônica, tinham dimensões cada vez mais monumentais. A fama do parthenon, erguido pelos atenienses em sua acrópole em homenagem à deusa Atena, perdura até o presente. Foi um dos arquitetos do parthenon, Ictino, quem introduziu entre -430 e -390 uma terceira ordem arquitetônica, a coríntia.

O planejamento racional das cidades, que chamamos atualmente de "urbanismo", tornou-se cada vez mais comum. Do final do Período Clássico datam ainda numerosos edifícios comunitários, como tesouros, teatros, munumentos e mausoléus; a ágora, antigo local da cidade em que os cidadãos se reuniam em assembleia, passou a ser mais valorizada e ganhou pórticos, monumentos e outros prédios.

Poucas pinturas em painéis sobreviveram; já os mosaicos chegaram até nós em razoável quantidade. A pintura em cerâmica com a técnica "de figuras vermelhas" e as cenas desenhadas sobre fundo branco tornaram-se muito populares; alguns vasos "de figuras negras", em pleno declínio desde o fim do Período Arcaico, eram ainda produzidos para fins comemorativos.

O trabalho em metal teve um desenvolvimento sem precedentes, e numerosas estátuas de bronze de diversos tamanhos chegaram até nós. As artes menores, no entanto, como a joalheria e a cunhagem de moedas, evoluíram pouco em relação ao Período Arcaico.

Créditos das ilustrações

i0271Zeus ou Posídon? → Ver comentários.

Imprenta

Artigo nº 0420
publicado em 25/12/2001.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. A arte clássica. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0420. Consulta: 22/02/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 19/02/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017