Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

Frixo, Hele e o tosão de ouro

 
Ino, Frixo e o carneiro de velo de ouro

Atamas viveu sossegadamente em Tebas ou em Orcômeno até que, por injunção de Hera, teve que se casar com Néfele (gr. Νεφέλη), personificação das nuvens ou a nuvem, aquela que certa vez foi seduzida por Íxion.

A mãe pode não ter sido muito consistente, mas o casal teve dois filhos bem sólidos, Frixo (gr. Φρίξος) e Hele (gr. Ἕλλη).

Átamas não estava, porém, satisfeito com essa situação um tanto nebulosa e acabou se apaixonando por Ino (gr. Ἰνώ), filha de Cadmo (ou já estava apaixonado por ela antes de se casar com Néfele). Repudiou a primeira esposa, casou-se com Ino e teve, mais uma vez, dois filhos, Learco e Melicertes.

Átamas, Ino e os quatro filhos do rei moraram juntos durante certo tempo até que Ino, doente de ciúmes, planejou matar os enteados. Por ocasião de forte escassez naquela região, conseguiu uma resposta forjada do oráculo de Delfos que recomendava o sacrifício de Frixo e Hele a Zeus. Átamas caiu direitinho na história e ia mesmo sacrificar os filhos, mas o deus não aceitou a "oferenda" e enviou um carneiro alado, recoberto de uma pele de ouro (o famoso tosão de ouro) para salvar as crianças. Em algumas versões, Néfele é quem providencia o carneiro.

Montados no carneiro voador, Frixo e Hele fugiram em direção à cordilheira do Cáucaso, a leste do Mar Negro. Ao atravessarem o estreito que separa a Europa da Anatólia, Hele caiu no mar e afogou-se; o estreito passou então a se chamar Helesponto[1], em sua homenagem.

O tosão de ouro

Frixo refugiou-se na Cólquida, onde reinava Eetes, filho do deus Hélio e de uma oceânide, irmão da feiticeira Circe e pai de outra feiticeira, Medeia. O jovem foi bem acolhido pelo rei, que casou-o com a filha Calcíope.

Frixo sacrificou o carneiro a Zeus e, agradecido, deu a Eetes a pele, o famoso Velo (ou tosão) de Ouro. Eetes consagrou o velo a Ares e guardou-o em um bosque sagrado, pendurado em um carvalho e protegido por um dragão. Frixo viveu calmamente no palácio de Eetes até idade bem avançada.

Notas

  1. O Helesponto (gr. Ἑλλήσποντος), lit. ‘mar de Hele’, antigo nome do estreito de Dardanelos, separa a Ásia (Tróade, noroeste da Ásia Ocidental) da Europa (Trácia, sudeste da Europa). Segundo a tradição mítica, o estreito assinala o local em que Hele, irmã de Frixo, caiu do carneiro voador que levava os irmãos à Cólquida.
    Imagem: mapa sobre imagem de satélite → Iluminura 0889.

Créditos das ilustrações

i0368Ino, Frixo e o carneiro de velo de ouro → Ver comentários.

Em outras partes do Portal

Links externos

Imprenta

Artigo nº 0329
publicado em 16/09/2000.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Frixo, Hele e o tosão de ouro. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0329. Consulta: 16/12/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 10/11/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017