Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

A arte na Idade das Trevas

 
Jarro com decoração geométrica simples

Com o empobrecimento cultural que se seguiu ao colapso do mundo micênico (c. -1100), desapareceram as magníficas manifestações artísticas do período precedente e, pelo menos durante os duzentos anos seguintes, as comunidades gregas preocuparam-se apenas com a sobrevivência.

Apesar disso e apesar do nome, a "Idade das Trevas" não foi só obscuridade. A escassa cerâmica produzida após -1000, as esculturas em terracota e também os conceitos arquitetônicos que se desenvolveram mostram alguma continuidade com os padrões micênicos, de modo que nem todos os conhecimentos haviam sido perdidos...

A recuperação cultural que se estabeleceu a partir de -900 foi lenta e diferenciada em cada local do mundo grego. Surgiram estilos artísticos próprios de cada região, especialmente na cerâmica, e a arte geométrica dos oleiros atenienses mostrou uma vitalidade rara para a época. No fim do período, templos comunitários para abrigar as imagens dos deuses já eram construídos em vários locais.

E, a partir dessas formas artísticas modestas e emergentes, com leves resquícios da esplêndida arte micênica, é que se definiram os conceitos estéticos que caracterizariam a Grécia Arcaica e, depois de vários séculos de evolução, a Grécia Clássica.

Créditos das ilustrações

i0405Jarro com decoração geométrica simples → Ver comentários.

Imprenta

Artigo nº 0089
publicado em 04/01/1999.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. A arte na Idade das Trevas. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0089. Consulta: 21/08/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 30/04/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017