Græcia Antiqua INTRODUÇÃOARTECIÊNCIASFILOSOFIAGEOGRAFIAHISTÓRIALÍNGUALITERATURAMITOLOGIAMÚSICARELIGIÃO

Tantálidas e atridas

Os tantálidas (gr. τανταλίδαι) descendiam de Tântalo, antigo rei da região norte da península anatólica, onde na época clássica ficavam duas regiões conhecidas por Lídia e por Frígia.

Alguns de seus descendentes, segundo a lenda, migraram para a Grécia e se estabeleceram na península do Peloponeso, que recebeu esse nome em homenagem a um deles, Pélops.

g

O ramo dos atridas[1] se formou a partir de Atreu, filho de Pélops, e se tornou famoso devido à “maldição dos atridas” e à importante participação de Agamêmnon e de Menelau na Guerra de Troia e nos eventos pós-guerra.

As desventuras dessa família é um dos temas mais recorrentes entre os poetas cíclicos e os poetas trágicos.

Notas

  1. Embora o termo atridas (gr. ἀτρεΐδαι) se refira a todos os descendentes de Atreu, filho de Pélops, é usado com muito mais frequência em relação a Agamêmnon, rei de Micenas, e a seu irmão Menelau, rei de Esparta, os dois filhos mais famosos.

Imprenta

Artigo nº 0027
publicado em 08/02/1998.
Licença: CC BY-NC-ND 4.0
Como citar esta página:
RIBEIRO JR., W.A. Tantálidas e atridas. Portal Graecia Antiqua, São Carlos. URL: greciantiga.org/arquivo.asp?num=0027. Consulta: 23/04/2017.
 
Portal Grécia Antiga ISBN 1679-5709 On-line desde 04/11/1997 f   t   i   i Sobre o Portal Ajuda FAQs Mapa do site Termos de uso 25/03/2017 ← novidades Contato Outras páginas do autor
 Wilson A. Ribeiro Jr., 1997-2017